A MÁQUINA DOS TRADES RÁPIDOS

Simples como toda boa ideia - Máquina de trades traz resultados fantásticos na bolsa de valores... e se tornou o método mais fácil do país.

Tempo de leitura: 6 minutos

FRITAS ACOMPANHAM, SENHOR?

A Rocktrade é uma startup que desenvolve robôs de operações para a bolsa de valores brasileira.

E para criar o mais novo robô, nós fomos ao mercado e perguntamos:

O que você gostaria que tivesse no nosso novo sistema?

As respostas foram muitas e diferentes. Mas alguns tópicos se repetiram bastante.

Veja a lista de itens mais pedidos:

#1 — "Eu quero ganhar na alta e na baixa!"

Quase 79% das pessoas pediram para haver uma forma de ganhar dinheiro tanto na alta quanto na baixa do mercado.

#2 — "Eu quero STOP curto e OBJETIVOS bem definidos!"

68% das pessoas disseram que querem saber exatamente quando a operação será encerrada.

Tanto no caso da ação cair quanto se a ação subir.

Em outras palavras, o que é conhecido no mercado por stop loss stop gain.

#3 — "Eu quero operações rápidas!"

Em vez de ficar esperando a bolsa subir até o fim, 56% das pessoas disseram que preferem liquidar rapidamente a operação e colocar o dinheiro no bolso em poucos dias.

#4 — "Eu quero redução de risco ao escolher a ação!"

74% responderam que gostariam de fazer operações com redução do risco de escolher as ações erradas.

#5 — "Eu quero que funcione mesmo se eu tiver pouco dinheiro!"

Quase a metade das pessoas responderam que já deixaram de usar métodos na bolsa de valores porque o valor mínimo para operar era muito alto.

E quando perguntados sobre qual é o intuito de suas operações da bolsa, 75% mencionaram algum termo parecido com "ganhar dinheiro"...

Mas quando pedimos para explicar o que isso significava para elas...

As respostas apresentavam a seguinte característica:

#6 — "Eu quero as rentabilidades da bolsa de valores, mas não quero as quedas que ela sofre. Eu quero bons rendimentos, não dá para ficar só na renda fixa... E eu preciso de SINAIS CLAROS, do que eu tenho que fazer."

E isso apenas significa que de bobas essas pessoas não têm nada...

Afinal de contas, se você ganha junto com a bolsa, mas não perde junto com ela... Obviamente você irá ficar bastante rico no longo prazo.

Nossa equipe levou alguns dias para juntar todos os dados e entender o que de fato as pessoas queriam.

E então foi dada a missão para nossa equipe de desenvolvimento.

PRECISAMOS JUNTAR TODOS ESSES PEDIDOS EM UM SÓ ROBÔ!

E a missão não estaria encerrada até que tudo isso não estivesse pronto.

E FICOU!

Não foi fácil juntar tudo no mesmo sistema.

Às vezes parecia que estávamos adicionando morango na feijoada...

Mas após algumas inovações, o robô finalmente ficou pronto! 🛎

Dá uma olhada nos números que ele traz:

DESDE JAN/20

(de 01/01/20 à 24/03/20 - já medido após o crash da COVID-19)

ÚLTIMOS 12 MESES

(de 25/03/19 à 24/03/20 - já medido após o crash da COVID-19)

ÚLTIMOS 10 ANOS

(de 01/01/10 à 24/03/20 - já medido após o crash da COVID-19)

POR QUE ESSES NÚMEROS SÃO POSSÍVEIS?

Essa é uma pergunta muito difícil de responder de forma simples...

A verdade é que esse sistema desafia algumas regras que são consenso entre os mais renomados investidores do mundo...

Mas, por outro lado, ele compensa essas regras quebradas com recursos engenhosos.

Por isso, para entender como você também pode fazer o mesmo, é muito importante que você siga todo o raciocínio e não pule linhas.

As noções descritas abaixo podem dar uma nova perspectiva da bolsa para você, como deu para nossa própria equipe.

Vamos ver as razões desse robô funcionar tão bem:

RAZÃO #1 - RISCO REDUZIDO

A escolha do instrumento utilizado pode reduzir muito os riscos da operação

Se quisermos reduzir riscos, nós precisamos primeiro mapear quais são...

E exitem alguns mais importantes que outros.

Normalmente nós olhamos para o risco como o tanto que aceitaremos perder, caso a ação não vá a nosso favor.

Por exemplo, se iremos comprar uma ação a R$ 10 e iremos vendê-la caso ela caia para R$ 9...

Nesse caso temos R$ 1 de risco por ação comprada.

Esse é um risco do ponto de vista da operação que você está fazendo.

Mas existem outros que influenciam...

O RISCO DA UNIDADE ESCOLHIDA

Por exemplo, quando você vai escolher uma ação olhando para algum aspecto ligado à empresa, como a saúde financeira, ou a lucratividade dela...

Você sempre tem o risco de escolher uma ação que não apresente de fato uma boa oportunidade...

Afinal, todos no mercado estão vendo exatamente os mesmos dados...

Nesse caso, essa ação já pode estar no preço devido (o mercado já precificou esses dados) e a partir daí começar a cair...

Esse é o risco de escolher uma única ação, ou, em outras palavras, esse é um risco da unidade escolhida.

O RISCO SETORIAL

Outro risco que todo investidor se expõe, toda vez que entra em uma ação é o risco setorial, ou seja, o risco do setor de atividade da empresa sofrer com alguma mudança.

Isso quer dizer que mesmo escolhendo a melhor empresa de um determinado setor da economia, se alguma novidade afetar o setor como um todo, mesmo assim a ação deverá cair.

COMO FAREMOS?

Para ficar livre do risco da unidade escolhida e do risco setorial, você tem que optar por comprar e vender TODA a bolsa de uma só vez!

Calma, não será necessário comprar 600 ações a cada vez...

Na verdade, nem é necessário comprar e vender as 73 ações que compõem o Índice Bovespa (IBOV).

Para isso nós temos um instrumento chamado BOVA11.

A BOVA11 é uma ETF. É como um fundo composto pelas ações do IBOV, mas que você pode comprar e vender de forma muito fácil....

Utilizando a BOVA11, aumentamos a assertividade de nossas operações, pois os movimentos dela estão refletindo o movimento de todo o mercado, e não de uma empresa ou de um setor específico.

E isso possibilita uma maior taxa de acerto e os resultados fantásticos obtidos pelo sistema.

RAZÃO #2 - A COMPRA E A VENDA

Operações vendidas ainda são desconhecidas para muitos, mas são extremamente úteis.

Normalmente, quando falamos do mercado de ações, as pessoas costumam dizer:

"Tem que comprar na baixa e vender na alta".

Essa é uma crença muito comum. E não é bem assim que as coisas funcionam.

Mas mesmo que fosse...

Existe uma regra inversa a essa, que as pessoas normalmente não conhecem:

"Tem que vender na alta e comprar na baixa".

Você pode estar se perguntando.... Ué... não é a mesma coisa, só que invertido?

Sim e não!

Ainda há muitas pessoas que não sabem que você pode vender algo que você não tem no mercado e ganhar com a queda do ativo.

Para isso a corretora automaticamente "aluga" a ação para você. E quando você comprar na baixa, estará, na verdade, zerando sua posição.

Os ganhos são exatamente os mesmos, mas veja que fazendo operações assim, você não tem que esperar sempre o mercado em alta para ganhar dinheiro.

Você pode ganhar dinheiro quando o mercado está em queda também!

E isso resolve o problema de você não perder quando a bolsa cai... e o melhor...

Você GANHA mais ainda nesses períodos.

RAZÃO #3 - FREQUÊNCIA E RAPIDEZ

Existem formas diversas de se aproveitar as tendências

Se tem uma coisa que ninguém discute no mercado é que:

"O dinheiro grande está nas longas tendências!"

Essa com certeza é uma grande verdade acerca dos mais diversos mercados, e nas mais diversas bolsas do mundo todo...

E é esse dinheiro que nós buscamos!

Mas como fazer isso, se você quer fazer trades rápidos?

Conciliar essas duas coisas não é uma tarefa fácil...

Mas é possível conseguir o efeito das longas tendências nos trades rápidos, se você aumentar a frequência de oportunidades!

E isso é muito difícil de conseguir!

Você precisa aprender a detectar muito mais padrões para poder fazer trades curtos em sequência...

E ser relativamente mais preciso para não entrar na hora em que o mercado irá oscilar contra você.

É aí que você evita que o morango vá pra feijoada...

No entanto, exige muita técnica e tempo de desenvolvimento para se alcançar esse objetivo!

TEM MAIS UMA RAZÃO...

A Rocktrade é uma empresa que desenvolve estratégias de investimentos quantitativas — o que chamamos carinhosamente de QUANT!

Esse sistema que estamos mostrando para você é o IBOV MACHINE.

O IBOV MACHINE é uma estratégia de investimento desenvolvida a partir de métodos científicos.

Ela é composta de diversas análises computadorizadas... que surgem a partir de testes e simulações de cenários históricos e hipotéticos.

Nada é por acaso. Tudo é sempre testado.

E em vez de contar com a sorte...

O IBOV MACHINE aplica técnicas objetivas que apenas poucas instituições no mundo também aplicam.

E essa razão faz toda diferença.

UM MÉTODO CERTEIRO...

Essas razões acima aplicadas à bolsa apresentam resultados bastante expressivos.

Seja na turbulência do mercado ou em momentos mais calmos, as oportunidades aparecem... e são detectadas com bastante frequência.

E se você quiser saber como você também pode ter esses resultados excelentes em qualquer cenário da bolsa...

E descobrir o método de funcionamento dessa estratégia...

Clique no botão abaixo!

Rentabilidade - IBOV MACHINE - dezembro/17 a março/20

Quer conhecer a MAQUINA DE TRADES que atendeu os pedidos dos traders da bolsa de valores?

SIM! QUERO CONHECER!(Clique aqui para continuar lendo)